domingo, 28 de dezembro de 2008

Emoção

Coração, arrepio, frio na espinha, frio na barriga....

As mão suam, os pés esfriam, o sangue esquenta...

O mundo deixa de existir, ou se transforma em algo extremo...

Tudo equivale ao dobro: dor, frio, amor, distância...

Às vezes é bom, às vezes é ruim, mas sempre mexe com o corpo...

Responsável?

Sei lá.

sábado, 27 de dezembro de 2008

Brincos (palavra da Mirian)

Outro dia dei maior sorte. Andando pela rua, senti correr algo da minha orelha pelo pescoço.
Passei a mão instintivamente e percebi que meu brinco havia caído... Não podia perder aquele brinco, era meu favorito, um presente de uma pessoa muito cara... Comecei a procurá-lo. Difícil, aquela multidão andando pra lá e pra cá e eu cada vz mais desesperada pelo meu brinco... já fazia cara de choro quando vejo uma mão estendo o brinco em minha direção:
-- É isso que procura?
Quase não consigo responder, meu brinco perdeu toda a importância, aquela voz resoou dentro do meu ouvido como sinos na noite de natal. Quando olhei para o dono da voz, meu coração foi ao delírio completo, ele era lindo... Eu balbuciei alguma coisa, mas pelo visto minha cara estava péssima porque ele perguntou se estava tudo bem e me levou para a lanchonete mais perto para um copo de suco....
Conversamos a tarde toda e um pedaço da noite, quando disse que precisava ir embora ficou um vazio entre nós... Trocamos telefones e depois de alguns passos ele me chamou de volta. Meu coração falou, é agora!!! Minha mente disse vá com calma! Ele disse:
-- Seu brinco.
E eu fui embora me sentindo uma colegial.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Vocação, formação e otras cositas más

Nesse quente e ensolarado dia de Natal, Simone e eu conversávamos sobre profissões e os motivos que levam as pessoas a escolhê-las e a exercerem de forma ética e competente.

Por estar naquela fase “fim do Ensino Médio – escolher profissão – vestibular – faculdade”, é um tema no qual tenho pensado bastante. Apesar de ter escolhido minha profissão há mais ou menos 5 anos (sim! Imaginem uma guriazinha de 12 anos falando em fazer Jornalismo e manter essa idéia), óbvio que surgiram dúvidas nesse tempo. Sempre fui apaixonada por idiomas, o que me levou a pensar em fazer Letras.

Assuntos internacionais também sempre foram de meu interesse – e isso me deixou um tanto “caída” por Relações Internacionais. Só que depois de voltas e voltas, muito pensar e pensar, aqui estou, caloura de Jornalismo em uma universidade e ainda esperando o vestibular de outra...

Ah. Pra variar me perdi nas minhas divagações. Voltando...

A vocação é, sem dúvida, essencial no bom exercício de uma profissão. O gosto pela atividade aí está também embutido. No entanto, não é SÓ isso. Cada um precisa ter sua vocação “lapidada”, melhorada. Aí entra a formação.

Uma boa faculdade, cursos constantes de atualização – afinal, nosso mundo passa por mudanças freqüentes – muitas leituras e, eu sei que isso é difícil, tentar manter o gosto pelo trabalho e a esperança, a fé.

E um pouquinho de sorte, por que não?
PS.: Aí pessoal, sinto muito pra vocês, mas eu postei o primeiro texto oficial da futura jornalista. Mirian Barradas!
PS.: Viu, nem foi tão difícil, obrigada pelo texto.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Navidad

É, chegou, é vespera de Natal.... Esse ano acho que escutei de algumas pessoas que elas não gostavam do Natal... Meu coração entnde de muitas coisas, mas não consigo entender alguém que nã goste de Natal.
Natal é quando aquele cara vem passar o maior calor aqui no Brasil vestido com aquela roupa vermelha e cheia de coisas quentes, com seu saco de presentes enorme... Pior, vocês já pararam pra pensar que um cara, numa roupa daquelas, com um saco pesado daqueles e andando pelo Brasil todo É GORDO!!! Me expliquem, como isso é possível?!!!
Mas queridos, Natal não é isso, natal é o nascimento.
Nascimento de uma nova esperança, de uma promessa cumprida. è momento de começarmos de novo, mas com a certeza da esperança...
Aqui em casa a gente comemora o Natal em família e isso faz maor tempão. Sabe o que é bacana disso? É que, por mais que as coisas não andem bem durante o ano, no fim do ano todos se reunem em volta do vovô e da vovó pra curtir o seu Stan entregar os presentes.... mais legal é que nos últimos tempos, com o Tiaguinho (o mais novo da família), até o velho, gordo e suado Papai Noel voltou pra nossa casa... Foi tão legal no primeiro ano.... Ver a Silvia minha prima que tinha ido trabalhar em Salvador, quase chorando de alegria... Ver como a gente gotava do bom velhinho e como estar entre os que nos amam é importante.
A família é a base disso tudo. Será que esse é o problema dos meus amigos que não gostam de natal? Não sei..... Sei que esse ano é especial demais o Natal, as coisas aqui não poderiam estar melhores e as pessoas novas que entraram em minha vida me fizeram ainda mais feliz....
A todos que chegaram até aqui, novos ou velhos amigos, um Feliz Natal, e que esse menininho que nasceu para ser Rei, entre na vida e vocês para guiar os caminhos.

domingo, 21 de dezembro de 2008

4º Domingo do Advento

Contemplamos o ensinamento dos Profetas: Eles anunciaram um Reino de paz e de justiça com a vinda do Messias. O Profeta Isaías apresenta o Senhor como o Deus Forte, o Conselheiro Admirável, o Príncipe da Paz. No seu Reino acabarão a guerra e o sofrimento; o boi comerá palha ao lado do leão; a criança de peito poderá colocar a mão na toca da serpente sem mal algum. É o Reino de Deus que o Menino nascido em Belém vem trazer: Reino de Paz, Verdade, Justiça, Liberdade, Amor e Santidade...

sábado, 20 de dezembro de 2008


Ontem tivemos o "Almoço de despedida" da pós. Foi bom, pena que não estavam todos.


Quando resolvi fazer a pós esse ano, não esperava estar tão pronta para tal, e enm esperava encontrar uma turma tão boa e bacana... Aprendemos muito, mas muito mais uns com os outros... Trocamos experiencias, aventuras por que não dizer.... Cada professor, cada módulo, nos trouxe alguma coisa, nem que fosse a certeza de que aquilo era "inútil"...


Os amigos.... Aaah oa amigos. O que dizer das pessoas maravilhosas que conheci nessa pós. Não vou por o nome de ninguém, pra não ser injusta, pois se me esqueço de um que seja não estarei sendo honesta... Espero que como eu, todos tenham aprendido algo e que esse seja apenas um até logo para todos.



quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Amigo Noel

Hoje eu ia postar uma coisa que me deixou muito chateada... Mas acho que o mundo conspirou a favor de vocês, meus queridos leitores, pois um telefonema que dei mudou a postagem de hoje da água para o vinho.
Todos sabem que tenho amigos muito especiais, e tem esse um que aprendi a amar de um jeito que nem eu achava ser capaz... Somos amigos. E prezo isso demais.
Num projeto de conscientização dos alunos, esse cara formidável, resolveu arrecadar alguns brinquedos para fazer o natal de algumas outras crianças mais gostoso. os alunos da oitava série do colégio se empenharam, e ele acabou tendo que correr muito mais do que pensava ser preciso, e, como de praxe, sem o apoio da maioria dos colegas (o que é entristecedor).
No fim das contas, o professor virou Papai Noel, lindo e irreconhecível dentro daquela roupa vermelha... "O curso de ator serviu enfim pra algo"!!! É sempre bom olhar pr'aquelas criaturinhas e ver que elas acreditam, é sempre bom saber que temos esse lado puro e manso em nosso coração para podermos distribuir as alegrias da vida com as pessoas...
Terei que parar por aqui, as lágrimas não me permitem continuar, e hoje, de um texto que guardaría a tristeza do meu coração, deixo pra vocês a alegria dos olhos desse Papai Noel e dessas crianças.....

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Vidro

Hoje, enquanto esperava, olhava através da janela... Com a confusão aqui em casa (a reforma) a poeira é tanta que nem o vidro é mais transparente.
Aí parei pra pensar (com ajuda da Elisa) que interessante é o vidro. Ele fica alí, durão, segurando a ventania lá fora e deixando passar o que interessa, luz, calor do sol....
E as garrafas de vidro então! Copos, tijelas..... Óculos (Mowgly, vc que é especialista, tem lentes de contacto de vidro?), tijelas, bandejas, cristais!!!!! Vocês já tomaram vinhos em taças de cristais... Parecem muito mais saborosos....
Mas afinal, como se faz vidro?! Se sabem, não continuem, não sei se vale a pena, mas se não sabem divirtam-se.
Bem, dona areia está lá descansando ao vento quando um homem vem e colhe ela num balde, lá dentro ela encontra outros dois amigos, a barrilha (material feito com sal marinho, gás carbônico e amônia) e o calcário... Quando ela encontra os amigos lá, pensa que está segura, afinal a barrilha toda misturada e o senhor calcário são fortes e não se deixam levar por qualquer um.
Estando eles no balde conversando, ele, o balde, começa a virar, virar e virar e os 3 vislumbram uma coisa incrível: O fogo, todo laranja, em brasas espera pelos 3. Eles vão caindo do balde e sentindo o calorzinho que pode chegar a 1550 graus... Com todo esse calor não há quem não se derreta e os 3 amigos lá no forno vão se tornando uma coisa só, um amigo novo, que ganha o nome de melado (alguém afim de um melado de vidro???? hehe) Aí, esse melado é que pode ser moldado.
O vidro plano só começou a ser feito pelo processo que conhecemos hoje no século 11, e funciona assim: O amigo melado é colhido do forno por um treco que eles chama "cana" e é soprado até formar uma bolha de vidro (imaginem as bolhas de sabão), depois vem outro e prende uma outra cana do lado oposto da primeira e quebra as laterais do "melado", esquenta o pedaço que fica preso para amolecer novamente e começa a girar, e o melado todo tonto, vai ficando como uma pizza de vidro, e vai abrindo e abrindo, até ter a espessura desejada. Aí pode ser, claro depois de frio, cortado do tamanho que desejarem...
Quisera que as pessoas fossem transparente como os vidros, mesmo em suas diferentes cores....

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Pequenas surpresas da vida!

A vida é feita de muitas coisas bacanas. E eu tive a sorte de conhecer muitas dessas coisas nesses meus poucos anos (hauah poucos foi bom, hein?!) nessa.
esse ano a vida me deu uma coisa que ainda não havia experimentado, meus novo amigos virtuais que deixaram de ser virtuais, foi bacana, e por idéia de um deles, o Ney - já conhecido dos leitores assíduos - A nossa comunidade no orkut fez um amigo secreto entre os loucos que participam dela... Foi bem interessante. Um site fez o sorteio, sem problemas com reunião de todos pra sorteio (rsrsrs) e nós nos encarregamos do resto.... Tenho me divertido pacas...
Mas hoje estou bem feliz com a brincadeira, acabo de receber o presento do(a) meu(inha) amigo(a) secreto(a). Tenho que confessar que nao esperava ficar tão besta, afinal já participei de muitos amigos secretos, mas acho que esse teve um sabor especial. Não conheço beeeeeem todos os participantes da comunidade e achei mesmo que a brincadeira seria uma ótima oportunidade pra "novos contatos". Falando com a Mine no msn, perguntei se o presente dela já estava com ela e me disse que sim, eu super triste que o meu não chegava nunca.... E NÃO É QUE CHEGOU!!! Bem na hora que eu estava falando com a Mine o "carteiro chegooou e meu noome gritou com o 'embruuulho' na mããão"... E era ele, meu presente... LIIIIIIIINDO! Perfeito! Especial.
Hoje não posso ainda postar o nome do meu amigo aqui, apesar de vontade não faltar, mas mandei o e-mail dizendo que recebi, então já sabe.... ah sim, sugiro que se for postar comentários nesse texto, o faça como anônimo, porque temos algumas visitantes da beudos aqui, e como não fizemos a revelação!!! ehehehehe

domingo, 14 de dezembro de 2008

3º Domingo do Advento

"Meditamos a alegria do rei Davi. Ele celebrou a aliança e sua perpetuidade. Davi é o rei imagem de Jesus, unificou o povo judeu sob seu reinado, como Cristo unificará o mundo todo sob seu comando. Cristo é Rei e veio para reinar; mas o seu Reino não é deste mundo; não se confunde com o “Reino do homem”; seu Reino começa neste mundo, mas se perpetua na eternidade, para onde devemos ter os olhos fixos, sem tirar os pés da terra. "
Eternidade: eterna / idade. Sem mais.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Eita coisa boa

Já que estamos falando de tempo...
A Mirian, sim irmã da formiga (vulga Elisa) passou no vestibular... Queria passar em primeiro, mas (aí desculpe a piada mas não pude perder) como boa tricolor que é, bateu na trave... Tá, tudo bem, segundo lugar também é bom vai, só que não dá bolsa...
Aí lembrei de quando eu passei no vestibular... Fiz prova de inverno na UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) e fui muito bem, gabaritei a prova de biologia e passei em 6º lugar (sim, Mirian foi melhor rsrs)... Eu nem sabia que o resultado tinha saído, minha tia ligou lá de Ponta grossa já me chamando de caloura!!!
Não sei bem o que senti, sei que fiquei sem palavras... Minha vida ia mudar, eu ia ter que sair de casa, meus pais, minhas irmãs.... Mas pensei que seria bom também, afinal, meus tios em Ponta iam me dar maior apoio...
As coisas não saíram bem como eu planejei, pra variar, mas no fim das contas tudo deu certo, e hj, 10 naos depois de ter começado a Facul estou aqui escrevendo para uma caloura...
Ei, você aí, tudo isso que está sentindo, essa vontade de gritar, de rir e chorar ao mesmo tempo, de sair correndo, de se atirar nos proimeiros braços que encontrar para um abraço bem dado... Tudo isso é maravilhoso e será gratificante mais tarde.
PS de última hora: Natiiii, parabéns pra ti também! rsrs Simo super feliz pelas amigas!

Presos ao tempo

Um mecanismo interessante esse que o homem inventou, o relógio.
Temos um ponteiro grande, outro menorzinho e um terceiro que é finiiiiinho e acho que por isso, mas rápido que os outros dois juntos...
Todos eles giram em torno de si mesmo, não não são a Terra. Esse fininho corre tem que dar uma volta completa pra dar a chance do ponteiro comprido andar uma casinha, e olha que são 60.
O ponteiro menor é o mais lento, mas talves por isso a gente só conta quando ele chega nas casas de hora. E são 12 até o fim da volta completa, mas pra ele chegar lá o ponteiro maior tem que passar 12 vezes as 60 casinhas!!! E isso se repete duas vezes, porque foi assim que o homem criou o mecanismo...
Uma pena que com um mecanismo tão bacana veio também o aperto.... Esse dito relógio nos coloca em cada situação.... Somos sempre presos a eles... Horário pra trabalhar, horário pra dormir, hora de levantar, de fazer exercício, de.... Pra tudo temos hora... E como se não bastasse o homem ainda inventa o tal horário de verão.......
Mas é isso, porque tenho hora pra entregar minhas notas e tenho que deixá-los.
PS.: Agradecimentos especiais a Lula Pires pela inspiração de hoje!

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Tempo bom....

Engraçado como tudo num dia leva você a escrever sobre determinada coisa. Hoje acordei (melhor, fui acordada) cedo e estava com maior raiva...
Aí, ainda esticada no chão poeirento da sala, assitia a Ana maria Braga falar sobre um rio... No meiodo bla, bla, bla que meus ouvidos irritados escutaram estava um negócio que dizia que não se pode voltar atrás na vida, algo como "o rio não pode voltar em seu percurso e tem que simplesmente acabar no mar".
Aí pronto, já me deu saudades... Saudades do tempo m que conseguia, em plena avenida principal de Ponta Grossa, dormir até as 11... Sim era bom, mas eu estava sozinha... Talves se tivesse internet naquela época em casa nao estivesse tão só, mas........
Depois de esperar minha irmã sair do computador, entrei aqui e encontrei Elisa... E ão é que falamos em dormir de novo!!!!! E falamos do passado, de novo!!! Tá, também falamos do futuro, do meu quarto nos fundos da casa e de comos erá bom eu dormir lá!!! Será que terei saudades da sala????? NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO. (hehehe)
Parando pra pensar, vale a pena o sacrifício.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

2º Domingo do Advento

"Meditamos a fé dos Patriarcas. Eles acreditaram no dom da terra prometida. Pela fé, superaram todos os obstáculos e tomaram posse das Promessas de Deus."
Eles tinham a cara de pau de dizer aquilo em que acreditavam. E nós? Somos verdadeiros o suficientes? É hora de refeltirmos sobre o que acreditamos, sobre o que estamos dispostos a abraçar. Jesus ensinou a sermos missionários das suas palavras. Nós somos? São Paulo levou a palavra de Deus por todo o mundo. E nós?

domingo, 7 de dezembro de 2008

Anjos

Todos sabem que adoro meu amigos, e que dificilmente deixo de atender a um pedido deles, assim, esse texto de hj nao é meu, mas da Anna, que ciumentamente (rsrsrs), me pediu pra postar um texto dela aki!


"Momentos em que não sabemos o que queremos, ou o que o futuro está nos reservando, o que nos faz feliz, o que pode nos deixar triste...
Cada dia um novo querer, um novo fazer... Temos que viver cada dia como sendo um novo começo, um novo passo que damos rumo ao futuro...
Imaginamos que um dia, não sabemos quando, teremos uma felicidade plena e sem fim, e na maioria das vezes não notamos que esta felicidade pode estar acontecendo agora. Mas como saber? Ou melhor, pra que saber?
Viva essa felicidade, sinta cada dia como se fosse o último da sua vida... Infelizmente nem tudo é felicidade nessa vida, temos que passar por obstáculos que ninguém gosta de passar. Sofrer, chorar, lutar, resistir a tudo que possa se opor ao nosso objetivo. Nem sempre somos fortes o suficiente para aguentar tudo o que “a vida” nos impõe, mas não somos fortes se estivermos sozinhos.
Nada como ter uma mão amiga, seja ela de amigos propriamente dito, ou namorado, família. São esses anjos que a vida nos dá que nos salvam de problemas, nos “colocam” para cima, mostram o que há de melhor dentro de cada um nós. Amigos são verdadeiros anjos, presentes em todos os momentos. Anjos que ajudam sem olhar se fizemos o certo ou o errado, se estamos dando o rumo certo para a nossa vida...
Obrigada aos meus “anjos” "
Aí está querida.... Todos os que quiserem terão seus textos sempre bem vindos.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Hoje

Esse mundo é engraçado mesmo...


Muitas vezes planejamos as coisas detalhadamente e elas acontecem, outras (o que parece ser a maioria) elas saem completamente diferentes...


Hoje eu planejava ir cedo aos correios, fui mas não tão cedo. Planejava por algumas encomendas no dito, não pus, estava fechado (eu fiquei "de cara"!!)


Planejava não deixar a Anna sozinha por muito tempo, cheguei mais de uma hora depois do plandejado...


Planejava passar na Vila Capanema, chegamos lá depois da caminhada arrepiante e estava fechada...


Planejava comprar TODOS os presentes de Natal, já que não ia ficar de vela, comprei só alguns...


Mas para compensar, não planejava toar uma cervaja com o Fabio, nem com o "Clodoaldo" (sim a Anna conheceu os dois), e acabei no Bier Hoff... Eu, Anna, Fabio e Clodoaldo (pena que ele estava sem farda!!!!!!!).


Eu e Anna achávamos que não veríamos masi o Vina antes de Floripa, ele voltou pro estação nos encontrar (ou melhor, encontrar a Anna, neh, porque nessa sobrei mesmo!)!


Não ia comprar passagem pra Floripa hoje..... Já temos a ida e a volta na mão :)


Querem saber, entre mortos e feridos, sobrevivemos todos! Gostei.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Tensão por 180'

Tudo começou na semana passada, na quarta-feira, eu estava com a Ferpa e a Anna no Skipe (pra variar) e com um olho na TV, no jogo do Inter. Ah não, não,... meu time é o tricolor, o paranaense, Paraná Clube até morrer, mas tenho amigos (sim, nós toleramos os defeitos dos amigos!!!) que são colorados.
Voltando ao assunto, o que se via na TV era um jogo dramático que o Inter ganhou com um gol de panalti e um jogador a menos. Na hora do gol do Intyernacional, nós 3 ligamos pra Elisa. O máximo que ela conseguiu fazer foi mandar uma mensagem pra mim: "Manda um beijo pras gurias. Acho que vou infartar hauahu" Dava pra sentir cada pingo de emoção (e olha que segundo consta eu sou uma pedra rsrs), eu sabia o que ela estava sentindo.
Fim de jogo, o Inter volta para casa com 1 gol fora e a vantagem do empate para a próxima quarta. Elisa estava mega ansiosa, cada conversa, cada prova de final de ano, em cada coisa que fazia, lá entava o jogo. Sua primeira final no estádio, e que final...
Jogo apenas para sócios, e aqui tenho que fazer um aparte: Thiago, seu mala, o Inter é um grande clube, porque lotar o Beira Rio com sócios não é pra qualquer um. E nossa pequenina Elisa estava lá, ela e a bandeira, que mesmo não vendo posso presumir que é maior do que ela. Elisa estava tão feliz que fiquei com vontade de estar lá, só pra ver o jogo...
Mas não estava lá, e mais uma vez eu, Anna e Lígia na net acompanhando o jogo... Antes do jogo mandei a mensagem: "SORTE!" Para a qual recebo a seguinte resposta: " Obrigada! Vou infartar hahah ve se nos ve na TV! Bjo". VE SE NOS VÊ NA TV!!!! Fácil, uma anã de vermelho numa multidão colorada!!!! Vai te catar, neh!!!
Joguinho desgraçado de ruim. Mas no segundo tempo ferrou de vez o coração daquela colorada, GOL DO ESTUDIANTES, 20' do segundo tempo, se terminasse assim, prorrogação e panais... O técnico mexia, mexia e mexia... no segundo tempo da prorrogação já havia tirado todos os batredores de penalti do time: "Louco!!!!", diziam... Mas olha lá, faltando uns 6 minutos para terminar, a bola no fundo da rede do estudiantes. O mar vermelho delirando, uma lágrima escorre do meu olho lembrado da baixinha, "ela deve estar infartando memso agora", nessa altura eu já não estava mais on line, fui para a frente da TV secar o adversário (parece que ajudou!); seis agoniantes minutos mais duas expulsões e terina... O Inter entra pra história...
Meu telefone toca, sabia quem era antes de olhar, quando atendi só escutava o barulho da felicidade... Ei baixinha, nunca mais te esqueces deste jogo, tua primeira final!!! Sei o que estás sentindo, meu time não é campeão internacional, mas meu primeiro jogo no estádio foi numa final, sei qual a sensação... Fiquei muito feliz quando no meio da tua mágica lembraste de me ligar, foi bom, muito bom dividir isso....
Parabéns Colorada!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

1º Domingo do Advento

Nesse domingo que passou, começou o Advento, a preparação para o Natal. São 4 domingo até o nascimento de Jesus, e em cada um deles, nós refletimos sobre algo relativo ao nascimento do Salvador.


No primeiro Domingo do advento devemos refletir sobre a salvação de Adão e Eva, eles erraram, foram expulsos do paraíso mas viverão eternamente ao lado do Senhor pela Salvação de J.C.


Vamos abrir nosso coração para o perdão lembrando que todos somos imperfeitos.

sábado, 29 de novembro de 2008

Ah essa Lua

No finalzinho da tarde, quando a luz está naquele momento lusco fusco, existe um sentimento estranho na gente.
Parece que uma briga se instala em nosso ser como essa luta do sol com a lua pra ver quem vai ficar no céu. Pior é que nessa hora a vencedora é a lua. Depois do dia inteiro o sol estar no céu, mesmo a gente não vendo, a noite vem e é toda da lua.
Ah a Lua.... Julieta disse pra Romeu que era inscontante, mas eu penso que a lua é muito da metida, pois tem roupa para cada semana do mês. Ela começa toda cheia de si, vem surgindo assim que o sol se põe e preenche cada canto com seu brilho. Aliás, brilho que nem dela é, pois pega emprestado do sol... Com o tempo, aquele vestido de baile vai cansando a gente e ela, aos poucos vai minguando para preparar uma grande surpresa para o Sol...
E não é que depois de sete dias minguando ela faz uma visita para o sol e toda de roupa nova vem de dia para o céu junto com o amigo... Nem aparece de noite de tanto que gosta de ficar os sete dias com o senhor Sol (sim o famoso da chuva).
Daí se cansa dele e resolve voltar pro céu da noite, todo cheio de estrelas... Vem crescendo, e crescendo até que no fim de mais 7 dias está lá de novo... Toda Cheia novamente, renovada.... E o ritual começa todo outra vez! Essa Lua.....
Foto: Elsa Vieira

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

AmIzade

Olha eu de novo falando do tema que se repete aqui nesse blog. mas dessa vez nao colocarei algo meu (de novo) mas do meu poeta preferido:
Amigos meus

Amigos meus, está chegando a hora
Em que a tristeza aproveita pra entrar
E todos nós vamos ter que ir embora
Pra vida lá fora continuar
Tem sempre aquele
Que toma mais uma no bar
Tem sempre um outro
Que vai direitinho pro lar
Mas tem também
Uma sala que está vazia
Sem luz, sem amor, sombria
Prontinha pro show voltar
E em novo dia
A gente ver novamente
A sala se encher de gente
Pra gente comemorar

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Ligia disse:

Tinha tanto pra escrever, tantas coisas que penso em colocar por aqui, mas ao ver os comentários do texto anterior não pude deixar de me emocionar!! Então, achei que merecia a vez por aqui e postei:
"Huummm, adorei!!!
Chega a proximidade do fim do ano e bate um sentimento totalmente nostálgico...Por que será?
Acho que devido ao fato de eu, meus irmãos e primos passarmos dezembro e janeiro na casa da minha vó. Pessoa que eu amo muito, mas as melhores lembranças não vêm dela e sim do meu avô...
Minha vó era a figura que mandava a gente tomar banho, almoçar direito, brigava (sem ser chata), mas quem "estragava" os netos era mesmo vovô...
Ahh, saudades do velho Zévi (diminutivo inventado pelos netos para o nome José Viana). Grande empresário do ramo de auto-peças.Entretanto, quando passava da porta de casa para dentro, o melhor avô do mundo...
Lembro de ter menos de 6 anos de idade e ele, sempre, fazia-nos surpresas. Presentinhos, chocolates, revistas..Como ele adorava álbuns de figurinhas, sim, nós tínhamos os nossos, e ele tinha o dele!!!
Como não lembrar das "cremagens" feitas nos cabelos dele? Pegávamos tudo que tinha no armário do banheiro de vovó (isso incluía acetona, pasta de dentes, talco), e adicionávamos ao condicionador e voilá, uma cremagem especial...Punhamos vovô na bica e lá vai, creme com sabe Deus o quê na cabeça do véio... Em troca? Dinheiro pelo trabalho das cabelereiras...hehehe
E o dia em que ele foi inventar de andar de bike? e empinar a bicicleta? Resultado? um corte na cabeça, que era coberta dos mais lisos cabelos brancos que eu já vi na vida!!!
Outro dia incrível, Natal de 1989, meu avô, lindíssimo vestido de Papai Noel... E nós jurando que era realmente o bom velhinho ali, bem no jardim de D. Leide!!!Como ele adorava o Natal, montar árvore, cobrir a casa toda de pequenas luzinhas... Acho que por ele gostar tanto do Natal é que ele se foi no dia 23.12.2003... E o amor dele por esse dia nos faz continuar tendo ânimo para comemorar tal data...
Ahhh, passaria o dia aqui contando as peripércias do meu avô...Já vão fazer 5 anos que ele se foi, e a saudade só aumenta!!!O texto da Simo é tão alegre, não queria trazer tristeza, de jeito algum, até por que é impossível lembrar dele e ficar triste, ante a luz e felicidade que ele irradiava e que acabava passando para todos que estávam ao seu redor!!!
Beijos a todas
*Liginha
27 de Novembro de 2008 10:00"
Aí, não chore, o texto está uma graça, é bom ter saudades, lembra!!!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Velhos Tempos

Quando eu era pequenina, costumava passar as férias na casa da minha avó Aida. O momento que eu mais curtia era quando vovó fazia pão.
Tudo começava como uma festa. Preparávamos a mesa, as tijelas, as formas. Vovó separava todos os ingredientes antes de começar, e se faltasse algo, a gente corria no mercado.
Quando tudo estava pronto, vovó despejava a farinha na bacia grande e aos pouco ia acrescentando os outros ingredientes. Primeiro os secos, "tudo peneirado para misturar melhor": o sal, a pitada de açúcar, se quiser o queijo ralado ou outro ingrediente "secreto" para dar um toque.
Depois vinham os líquidos, ou molhados como dizia a vovó: os ovos, o leite, a água, o óleo... e por fim o fermento que já estava preparado.
Com tudo na bacia vovó começava a misturar com as mãos. Essa hora era uma farra, porque vovó, comas mãos sujas, passava os dedos em nosso rosto deixando tudo da cor do trigo...
Então vovó tirava a massa da bacia e a colocava na mesa limpa onde sovava o pão até o ponto certo e punha para crescer.
Após algumas horas, vovó colocava os pães para assar. Quando ficava pronto ela punha a mesa do café e servia o pão quentinho.
Me lembro com carinho daquela época, é uma pena que o tempo não volte.
obs.: Texto escrito com a 7ª série do colégio em que trabalho, das informações contidas nele, apenas o nome da minha avó é verdadeiro (rsrs).

domingo, 23 de novembro de 2008

Meninos e meninas!!!

É pessoal, parece que a mudança enfim chegou ao escritório, então estarei sumida, pelo que consta das informações que tenho aqui de casa, estarei sem internet por uns dias, pior é não saber exatamente quantos!!!! Trabalhos da pós, joguinhos, blog, BF (:( ), ... , tudo sem acesso por uns tempos....

Espero conseguir ligar o pc lá dentro sem maiores transtornos, ou terei que acabar em um lan house para dar e ter notícias!!!!

Acho que o que mais me fará falta é estar aqui no blog..... É tão bom escrever....

sábado, 22 de novembro de 2008

Palavras

Escrever é tão gratificante que cada dia que passa tenho vontade de escrever mais. As palavras fluem como um rio caudaloso e rápido. mesmo quando não tenho o que escrever simplesmente cato uma palavra qualquer e mando ver.
Escrever é por a palavra não dita no papel. E o bom de escrever é que se apaga depois. Pena que as palavras ditas não se podem apagar....
Ah sim, estou bem, apenas escrevi o que veio na cabeça.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

???????

Muitas vezes eu penso se o que eu faço é certo ou não. Pois agora estou na dúvida mais uma vez. será que sou uma professora honesta o bastante para estar em sala de aula? Será que o fato de eu ter toda essa carga ideológica em cima de mim não está atrapalhando meus julgamentos? Será que não está na hora de parar e repensar?
Hoje errei, errei ao perder o controle com um aluno e dizer que ele é um bosta. Errei porque ao estar sob pressão total da eleição, e depois de ter me sentindo "coagida" ao receber um telefonema na terça não aguentei a pressão e o desaforo do aluno e falei as coisas que estavam presas dentro de mim.
Errei. E não sei como consertar.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O descanso dos justo. (mas será que eu o sou?)

Hoje pela manhã, pela primeira vez desde que a reforma começou me senti mal ao acordar com o barulho. Estava precisando ficar mais alguns minutinhos que fossem dormindo.


Descobri na segunda-feira, quando dormi em sala de aula, que essas horinhas estão me fazendo maior falta, e que por mais que eu me divirta nos finais de semana, o meu sono é a coisa mais rejuvenecedora que tenho.


Em vista disso, resolvi que tenho que sair mais cedo do computador, já que é durante o sono que produzimos a tão importante dopamina e se existir uma falgha nessa produção são grande as chances de um mal de parkinson (escrevo sem saber como escrever, espero que esteja certo). Meus neurônios precisam mesmo desse descanso para continuar a produzir tuo o que podem.


Adoro esse vicio que é a net, mais esse vicio que é estar com vocês praticamente todos os dias, mas devo me policiar.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Trabalho (by Mine)

Do latim "tripaliu", aparelho de três paus para sujeitar os cavalos que não se deixam ferrar. Agora até hoje me pergunto porque cargas d'água aguém inventou de dizer que aquilo fazemso por ocupação é trabalho?
No alge da minha infância, alguém disse pra mim que eu deveria ser professora, afinal, ADORAVA crianças e tinha um jeito especial de acalmá-las (palavras da Bronquinha). Eu disse que nunca, que na verdade queria ser algo como advogada!!!
No fim do ensino fundamental, o que eu qeria era "desenho geométrico" lá no CEFET, cheguei até a abrir mão do convívio com mamãe e papai para tentar isso, fiquei na minha madrinha estudando, e posso dizer que essa experiência teve pntos maravilhosos, mas infelizmente UM ponto muito ruim (tema para outro post - ou até não, talves não seja bom recordar). Não passei no CEFET e voltei pra casa dos meus pais, que moravam no interior do paraná e, a única opção que me sobrou, foi o magistério no CEJQM (nem perguntem, nao me lembro o nome do colégio).
Bem, parece que meu destinoi estava traçado, comecei a estuda r lá e quando terminei o primeiro ano meus pais iam embora para o Pará, e eu decidi que dessa vez nao ia e voltei ra Curitiba, mas dessa vez decidi ficar na casa de meus avós (autoproteção), para terminar o magistério. E depois de 4 anos lá estava eu tetando vestibular para DIREITO!!!!! Louca, neh, eu sei, mas parece mesmo que levo jeito pra coisa....
Como não passei no vestibular, comecei a trabalhar e o que eu sabia fazer era? Sim dar aulas... Descobri que o negócio era esse, não podería jogar meus 4 anos de magistério pelo ralo. Bem, masi um vestibular se aproximava e eu devia decidir o que queria.... Ainda bem que não passei de cara, assim tive tempo pra escolher. Biologia (amo, mas tem química), Geografia, História.... Mas tudo em uma área que me fizesse trabalhar como professora. No fim da contas tentei letras, mas só pra saberem, eu tentei porque queria ser professora de inglês.... Aos que não sabem, me formei em Português/Espanhol.
Em dezembro faz 13 anos que sou professora e ainda não entendi porque a palavra trabalho foi escolhida!!!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Fim de semana

Como prometido, vou lhes falar sobre o meu fim de semana.
Quero antecipar que hoje minha felicidade é tão grande que não sei se sou capaz de expressá-la.
Os poucos que me conhecem sabem como sou feliz na companhia dos meus amigos e essas duas do fim de semana são deveras especiais. Paola e Leonina fizeram faculdade comigo, e, a despeito de termos sido separadas no último ano, permanecemos amigas.
Tá, sem enrolar, porque sei que tenho algumas ansiosas lendo o texto (rsrs) e que estão curiosas. O "findis" começou na sexta à noite, da qual, devo confessar, me arrependo por não ter convidado o fabio pra ir junto (...), mas foi ótimo, fomos a um bar - Menina da Colina - amigos, risadas e a incrível coincidência de encontrar a Paula, minha amiga da infância - DETALHE, de quando morei no Pará, eu tinha 8 anos quando fui pra lá, fiquei por 3 anos. Voltei pra casa tarde (ou cedo), cansada mas feliz, e com ótima lembraças da noite.
O sábado devería começar cedo, tínhamos a intensão de almoçar juntas, mas imprevistos pontagrossenses atrasaram a Paola e nosso passeio começou depois do almoço. Encontrei a Paola no caminho e fomos buscar a Leo;
Depois de as 3 no carro, tomamos rumo da aventura. Fomos até a Colônia Mergulhão onde começaría de fato nosso passeio. Paramos na casa da Cultura para pegar o mapa e fazer os planos da tarde.
Como a Paola não havia almoçado e eram umas 3 horas fomos direto ao Casarão Café Colonial, onde sentamos e, olhando nos olhos umas das outras começamos de fato a matar a saudade. Como é bom olhar para as amigas memso depois do tempo, afinal 6 anos nos separam da faculdade, somos maduras (acho!) e o que nos uniu continua alí.
O passeio contou com a prova dos vinhos em 3 lugares, umas risadas ótimas, pequenas compras (da minha parte um queijo delicioso e morangos maravilhosos - sério, vocês nao podem imaginar, tomei praticamente uma jarra do succo desses morangos) e uma parada na beira do para nos curtirmos. O dia terminou com a ida ao Bar Mambembe, onde encontramos a Thyncia...
O domingo? Vou contar amanhã. Só quero terminar dizendo que minha felicidade é tamanha que não sei como cabe dentro de mim!

domingo, 16 de novembro de 2008

15 de Novembro

Tá, eu praticamente levei um puxão de orelha ontem da Lígia quando ela lembrou em seu post no texto anterior que ontem era 15 de novembro. Sim, dia da Proclamação da República.
Tecnicamente, hoje essa data é apenas mais um feriado nacional, e eu realmente não escrevi sobre ele por não estar "focada" no assunto, mas já que a "senhora quase professora de história" tocou no assunto, vamos escrever um texto atrasado sobre ontem.
República. Fui procurar no dicionário pra ter certeza: "regime em que que se tem em vista o interesse geral de todos os cidadãos e em que o Chefe de Estado é eleito, exercendo um mandato temporário."
Que pena, é com pesar que vejo que infelizmente isso não acontece. Vivemos nesse Brasil cheio de irregularidades no tão almejado interesse geral da nação que os políticos enriquecem cada vez mais e o povo........... Vejo que na verdade, nem naquele de 1889 a idéia era de fato querer o bem geral, mas sim manter a estratégia política. Não quero dizer com isso que não acredito em um ideal republicano e democrático, no entanto, é óbvio que ainda não se atingiu o que se define como república.
Podemos até dizer que somos agraciados no Brasil, pois não enfrentamos alguns problemas que outros apíses enfrentam com seus regimes políticos, no entanto, ainda estamos muito longe de ser a "República Brasileira" que teve como seu primeiro presidente Marechal Deodoro da Fonseca. (Aí Ligia, eu também estudei um pouco de história! rsrsrs)

sábado, 15 de novembro de 2008

O que nos tornou humanos foi a fala

Queridas, mesmo dizendo a vocês que ia ficar longe, não aguentei e vim escrever um textinho, afinal sei que algumas vão entrar pra saber notícias.
Ontem, meu professor de neurolingüística (com trema pra aproveitar até o último minuto) largou a frase: O que nos tormou humanos foi a fala - sim, é dele mesmo. Aí, anotei e resolvi escrever sobre isso.
Quando paramos pra pensar para tudo o que o homem faz ele tem que falar. O homem fala pra construir alguma coisa, pra trocar informações com outros, pra organizar o pensamento....
Essa de organizar o pensamento é a mais interessante de todas. Falamos sozinhos. Vejam, botem reparo.... Cuidado, estão fazendo agora! (podem estar dizendo: E não é que é memso!! - rsrs)
Acho que por acreditar nisso e por ser professora de línguas, pessoal, gosto de falar e de que falem comigo. Ili, talves não seja tão boa assim, e só escute vocês por que vocês fazem pra mim uma das coisas que mais gosto, produzem fala. Cada sotaque, cada nuance de voz, cada palavra dita ou colocada são música para ouvidos que amam sons...
Falem minhas queridas, digam, organizem os pensamentos. A língua (sem gracinhas maliciosas!) é uma das coisas mais fascinantes dessa vida. E já que comecei com uma fala do professor Egídio Romanelli, termino com outra:
Se eu não tivesse linguagem, seria uma pedra nesse mundo e não uma pessoa!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Ansiedade

Tô louca pra comer uma barra de chocolates!!! Quantas vezes já não escutamos isso de nós mesmas....


Pois bem, essa semana foi uma semana ansiosa pra mim, muitas coisas acontecendo e eu sendo uma única. Queria por muitas vezes ser milhares de Simone ao mesmo tempo e ter pelo menos grana suficiente para viajar todos os fins de semana para onde eu quisesse.


Queridas, por esse razão, sinto informá-las que não estarei por aqui nesse findis, aproveitarei para sair com uma amigas e beber um pouco, preciso tirar a ansiedade dessa semana de mim.


Amo vocês! Mas estarei longe. Mesmo assim, se precisarem é só dar um toque!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

No words!

Difícil nos realcionamentos são as pessoas se entenderem. Eu entendo bem de amizades, de família, de relações de trabalho, de professor X aluno então, entendo pra CARAMBA!

Mas quando se trata de uma relação homem e mulher entendo pouco. Como assim? Bem, não se pode dizer que tive relacionamentos estáveis por esses anos todos... Mas uma coisa eu sei, esses relacionamentos são feitos de tantas coisas e tantops detalhes, que somente a vontade memso de estar juntos é que vai fazer as pessoas relevarem algumas coisas para que isso aconteça.


Medo nessas horas é o que mais se tem. Medo de que não dê certo (de novo), medo de que seja muito forte, medo de começar uma coisa e ter que terminar antes do fim.... Até de começar relacionamentos a gente tem medo.


Outra coisa que acaba também atrapalhando é quando a confusão se instala por conta de tentativas de acertos que não dão certo (tá, erros é mais simples), mas aí devería entrar o bom senso..... acho eu!!!! Caramba, será que uma bobeira tem maior valor do que todo o resto???


Estou perdida. mas tudo bem, porque como eu sempre digo. Isso passa, para o bem ou para o mal! :(

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Festa

Nunca vi gente pra comemorar coo o brasileiro. Tudo se comemora por aqui. Se um alguém ganha algo, festa; se um alguém passa numa prova importanmte, festa; se meu time ganha, festa; se ganha aos 48 e 20 do segundo então, FESTONAAAAA! hehehe


Se pararmos pra pensar, tudo acaba em festa mesmo, nem que seja uma festinha pequena, ou "particular" - tipo à dois!!! Se alguém vai partir, fazemos festa de bota fora, se alguém chega é de recepção, ou boas vindas. Se alguém morre, o enterro vira festa (sei meio macabro, mas vai dizer que existe melhor ocasião pra encontrar a parentada!?) Se nasce uma criança (olha a redundãncia - afinal se nasce, só pde ser criança, alguém nasce adulto!!!!!!) festa.


Vai casar? Festa. Vai se mudar? Festa. lançamento de seu novo livro? Festa. Feriado chegando? Festa com a familia. Aniversário? Festa também com os amigos..... Tem gente que faz festa que dura uma semana. Minha prima comemorou o aniversário dela pra todos os gostos... começando na terça e terminando com o Barreado no domingo... isso sim que é festa! hauahauh


E olha, tudo é motivo pra falar em festa também. Putz, hoje o dia não está pra festas!! Ou, meu Deus, ontem fiz a festa na loja, estava tudo em promoção!!! Fomos ao museu com a escola, foi uma festa! As formigas fizeram a festa com o pedaço de bolo que ficou em cima da mesa. Acabamos com a festa dos malandros, chegamos e levamos todos em cana!!!!


Tenho certeza que vc podem pensar em muito mais coisas que terminam em festa. E como eu não estava muito inspirada, agradeço a Elisa pela palavra pra escrever a cronica de hoje!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Processo Democrático!!!!

Não sei se assim funciona em todas as escolas do país, mas aqui no Paraná os diretores são eleitos, atualmente, para uma gestão de 3 anos, podendo ser reeleitos eternamente (ponto ao qual sou contrária).
Eu penso que eleger o gestor da escola é importante, pois isso vai permear o trabalho dentro da escola e atender aos interesses de, se não todos, maioria das pessoas envolvidas no ensino dentro do espaço escolar, desde alunos até os funcionários que conhecemos como "serviços gerais".
Queria por aqui algumas coisas que acho boas em algumas propostas e outras que acho ruim:
CHAPA 1 - O candidato a vice é eficiênte no que diz respeito ao patrimônio... Desde que assumiu a vice direção da atual gestão tem feito melhorías no prédio e providenciado limpeza de muitas áreas que estavam "estagnada". Infelizmente a candidata a direção não ajuda pois a vejo prepotente e autoritária.... O processo democrático atual não permite esse tipo de comportamento (opinião clara da autora).Obviamente não voto nessa chapa.
CHAPA 2 - As duas candidatas, direção e vice, são amiga de lonfga data, com certeza trabalharão em equipe. Entraram no processo para evitar reeleição por acharem que era hora de mudança.... Antes, em outra situação, não tinha dúvidas sobre o que fazer, votaría nelas e pronto. Tem boas propostas e são capazes de dar o coro pela escola já que estão lá a bastante tempo, e, pra mim um dos pontos essenciais, pretendem respeitar o professor.
CHAPA 3 - As malucas. Entraram na briga depois que abriu-se a possibilidade de professores PSS (Processo Simplificado de Seleção) poderem canditatar-se para os cargos. Gosto das propostas das meninas, penso que a Debora e a Eugenia têm a mesma linha de trabalho, caráter e dedicação ao ensino que eu tenho. São pessoas novas, com o peso da faculdade ainda quente nas costas.... Pra não dizer que não falo algo negativo, penso que falta um pouco de maturidade na educação.
Agora estou dividida. Amo a proposta da malucas, mas elas dividiram a oposição. Tenho medo de votar nelas e meu voto fazer a diferença pra Mirna ganhar, porque sinceramente acho que a Chapa 2 tem mais chance de ganhar do que a 3. Honestamente não sei o que fazer, e como ando meio perdida emocionalmente por esses dias (TPM maldita!!!), tenho mais duas semanas pra me decidir. Se alguém estiver disposto a discutir isso comigo e/ou simplesmente opinar, fique a vontade, mais do que nunca preciso da ajuda dos amigos!!! :)

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Doniasol Vanessa Sloboda

Bah, descobri que isso está me economizando bastante!!! Hoje é presente pra Doniasol.


Doniasol (SOL) é uma pessoa diferente, já viveu tantas coisas mas continua sofrendo com amores adolescentes (rsrs)... Não importa, ela é mega octa tri de legal.... A Sol, mesmo me dando alguns bolos, é super companheira de cinema, de bares novos!!!


Tem idéias geniais para presentes, tem um gosto musical extraordinário. A Sol é uma artista nata. Louca, pinta o cabelo e faz escova progressiva "pra" parecer o Mico Leão Dourado, e mais, tem saco pra ser minha amiga! ahahua


Hoje ela ta fazendo aniversário, e a mala, que nem gosta de festa, ganhou festa "meio" surpresa (rsrsrs).... Eu queria poder estar mais presente, queria poder me divertir com ela mais vezes, mas essa nossa vida de magistério nos deixa MALUCA (mas só ela toma remedinho hauahuaha)!!!


Soleeeeeeee, adoro vc de montão, ve se nao some e me liga de vez enquando, senão vamos nos ver só em festas de aniversário, e mesmo que sejamos em 4 (eu, vc, adri e bel) aniversário é só uma vez por ano!!!

domingo, 9 de novembro de 2008

Epitáfio


Aqui jaz o Sol
Que criou a aurora
E deu a luz ao dia
E apascentou a tarde
O mágico pastor
De mãos luminosas
Que fecundou as rosas
E as despetalou.
Aqui jaz o Sol
O andrógino meigo
E violento, que
Possuiu a forma
De todas as mulheres
E morreu no mar.
Vinícius de Moraes

sábado, 8 de novembro de 2008

E não é que é mais um aniversário!

Hoje é aniversário da Anna; 25 anos... Segundo meu professor de neurolingüística, aos 25 anos a mulher chega a sua plenitude de amadurecimento dos neurônios, à partir de agora, Anna, é só treinar!
E que bom, Annita (não enche Ferpa), que justamente às vesperas dessa data tão importante você ganha um presente tão bacana! Sabe o que eu acho? Deus espera o momento certo pra tudo. Tenho certeza que sua vida se transformará à partir de agora, você poderá mostrar a profissional competente que é e as portas irão se abrir cada vez mais... Daqui a um tempo, você estará tão ocupada que rezará por um tempo com os amigos, nem que esteja podre de cansada ficará na net até um deles dizer: "Então vamos? Tô podre!"
Anna, você é uma pessoa incrível, não se esconda atrás dos teus 1 e 80 e poucos, lute pelo que você quer, mas cuidado, lembre-se que a pessoa que mais importa em sua vida é você mesma. Tudo que Deus tem guardado em sua vida é pro SEU benefício e pra SUA felicidade. Você, minha amiga paranista, tem um coração bom, e que ama de uma maneira tão pura e bonita que não merece menos que a felicidade.
Que nesse momento em que atinge a maturidade neurológica seu coração também consiga encontrar o sossego necessário para aprender cada vez mais sobre você mesma, porque não é possível que as outras pessoas saibam mais de você do que você mesma.
Querida, alguém, nesse momento eu não me lembro quem, disse que os amigos são a família que escolhemos. Assim, que bom que você faz parte da minha família. Parabéns Anna Stubert. Você merece.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Papai

Há 32 (quase 33, é verdade) eu vim para esse mundo. Naquela época as coisas eram bem distintas do que são hoje. Mas acho que posso dizer que sou o que sou hoje, graças às pessoas que me deram a chance de estar nesse mundo.
É difícil deixar esse texto aqui hoje, porque mais do que tudo, queria que as coisas voltassem a ser como antes, mas isso não é mais possível. Assim, quero dedicar o texto de hoje para meu pai. Que, como ele mesmo diz, "depois dos 59 ficou SEX!"
Ser pai exige da gente uma responsabilidade incrível, eu acho, afinal, você passa a ser responsável por uma criatura nova, um serzinho que não tem noção do que pode acontecer ao seu redor. E nisso eu posso deizer que fui provilegiada.
Sei de muitas histórias da época que nasci, e não por me lembrar, mas por ouvir minha mãe contar: "Eu não dormia se meu pai não chegasse e não desse uma volta de carro, comigo!" "Eu sai das fraldas cedo porque sentava na privada enquanto papai fazia a barba".....
Quando eu penso em como seria o homem certo pra mim, penso nas qualidades do meu pai: Educado, eficiente, trabalhador, é capaz de cuidar de suas próprias coisas e cozinha (acho que é fundamental)... Sempre busquei encontrar alguém assim, mas talves ele tenha entrado na fila uma única vez e Deus disse: "Esse é o Ernesto." E tenha resolvido que só ele seria assim.
Pai, infelizmente as coisas que acontecem na vida da gente nos deixaram assim, você de um lado, eu de outro. Um dia, eu acho, as coisas poderão estar melhores do que hoje e eu poderei abraçar meu pai Sex como o meu eu criança fazia. Queria mesmo poder fazer isso agora, mas não posso. Não posso por motivos mil que não cabem aqui.
Se você soubesse como ansio por um abraço, por um beijo, por um colo... Como eu queria um tempo só nosso, pra passear de carro, pra tomar um sorvete, pra sentar na privada enquanto você faz a barba. Por ser acordada pela mão gelada de água. Por acordar e ver que o "coelhinho" deixou os ovos ao pé da cama, por tentar encontrar os presentes de natal antecipadamente e sacudir a caixa pra ver o que é, por esperar você para o jantar........
Não dá mais pra mim hoje, ainda tenho um dia pela frente, e essas lembranças não me deixarão em paz. Meu coração partido ao meio tenta entender muitas coisas, mas sou apenas um ser humano fraco e bobão que no máximo chora incontrolavelmente por não estar a seu lado.
Amo você pai. Sempre terei você como exemplo de coisas boas. Parabéns pelos sessenta anos.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

SATISFAÇÃO

Acho que essa é a única palavra que exprime minha manhã!
Há tempo queria fazer umas coisas que estava enrolando e hoje saí pra fazê-las... Levantei cedo, decidida a conseguir fazer tudo.
Peguei uma "batcarona" com a mnha tia que me deixou em frente a loja de maiôs, comprei 2 e mega octa feliz porque nem precisei experimentar mais do que 2 (hehe). Até pensei comprar uma calça "jeans", mas resolvi deixar para o mês que vem, já que vou para Floripa. Ainda tinha que pegar uma coisa que mandei fazer e passar no banco. E não é que deu tempo!!! Aliás, a coisa que mandei fazer ficou linda (hauahauah simo aprontando) - tá, é uma questão de opinião, mas.... - e no banco paguei minhas contas e - milagre - sobrou uma boa grana!
A caminho de casa parei na agência dos correios e caminhei até minha casa. Meia hora de chão embaixo do sol das 11, mas tudo bem, porque o sol das 11 é na verdade o das 10 assim na verdade peguei o sol das 10.... Bem, não importa, ainda parei pra comprar um creme pro cabelo....
Cheguei em casa exausta, ensopada de suor e ainda tomei quase um litro d'água numa virada! mas e daí, fiz o que tinha que fazer e ainda me sobrou tempo pra vir aqui escrever!

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Separações


"Don't be desmayed at goo-byes, a farewell is necessary before we can meet again, and meeting again after a period on life times is for those who are friends!"

Richard Bach

Hoje vocês terão que fazer um esforço!!! hehehe

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Se foram :(

Deixei aqueles 3 na esquina do Hotel... Tenho que confessar que eu não podia descer do carro pra dar tchau, eu ia chorar com certeza...
Desde que eu voltei de Ponta Grossa não sentia emoções assim, esses dois últimos meses foram algo incrível...... Primeiro aqueles dias com a Ligia, o Binho, a Anna... E nesse "findis" essas criaturas especiais. Na sexta chegaram Elisa e Mine. As gaúchas tiveram que aguentar eu e Anna por algumas horas. E pra completar o time, no almoço, Aru e, creiam, Ili. Assim, com nossa querida ferpa representada no estili Stanley, tivemos o B.F. mais animado de todos.
E no sábado então, que chegou o Ney. Jesus, o que dizer do Ney, tímido e querido... Uma pessoa que fica marcada na gente como "código de barras" (hein Mine?!). Os dois dias que curti ao lado desses 3 me deram outras alegrias: Conheci o Vico (totalmente emo), o Marcel, o Gui, o Demétrius, o Sal (!!!) e até a figurassa que é o Bruno (Don)...
São 23 horas de domingo, já de banho tomado e EXAUSTA decidi postar amanhã (hoje pra vocês que estão lendo) porque abri mão do meu descanso semanal por esses amigos. Amigos que aos poucos vou aprendendo a amar cada vez mais... Gus, a cada dia que passa me arrependo mais e mais de não ter ido te conhecer...
Fico por aqui, pois as emoções são tamanhas que nãoconsigo por todas no papel, e se mais escrevesse, as lágrimas provavelmente borrariam a visão.
Lembrem-se, queridos amigos, serão sempre muito bem vindos!

domingo, 2 de novembro de 2008

Dia do Ney!

Hoje foi um dia especial. Conhecer Ney, essa figura, foi muito bom... Tomamos um cafezão juntos pela manhã. Eu, Ney, Crespa e Mine. Ney estava pregado da viagem, talves seja por isso que falou pouco.
Mais além chegaram Vico e Gui. Bem, o Gui e o Ney disputaram pra ver quem falava mais. Em compensação o Vico!!! Tivemos um dia muito agradável, tomamos umas cervejas no Passeio Público. Depois fomos para o Couto Pereira, mas por obra do destino, não entramos!! Aí separamos o grupo. Fui eu com a Crespa, a Mine e o Ney pro Estação, e o resto por sua conta e risco, cada qual pro seu lugar!
Lá encontramos, ou fomos encontrados pela Ili, assisitmos o jogo do Paraná regado a.... Muito guaraná, água e coisas do genero!!! E, ainda no primeiro tempo, tivemos a honra da companhia da Anna.
Queria dedicar esse post para o Ney. Afinal, além do Vico, que ganhará texto especial depois, não teve ainda um espaço aqui. E o que é o Ney... Um carinho só. Uma pessoa simples e querida, se pode ver que tem muito pra oferecer, apesar de não achar isso.
Ney, meu querido, desses "novos" amigos que tenho feito pela net, te admiro muito. Já achava antes que você era especial, agora tenho certeza. Que bom poder dedicar um tempo para estar com você hoje. Mesmo tendo descoberto esse amor entre você e Vico, admiro você pelo que é.


sábado, 1 de novembro de 2008

Presente de aniversário!!! Sim, mais um.

Hoje é aniversário da Nati. Tenho que fazer um texto pra ela, porque afinal, foi ela que me apresentou isso. Foi ela que me incentivou a escrever por aqui.
O que será que eu posso deizer dela. Conheci por conta do namorado {dela, não meu :( }, mas sei lá, talves por sermos as "meninas" do clã acabamos nos entendendo e tivemos ótimas conversas por msn, até rolou uma conversa de fazer uma visita (lembra!??), ainda não fiz, mas como podes perceber estou em fase de conhecer os amigos virtuais, logo, logo chegarei por aí!!!
Querida, no dia 20 de Abril eu escrevi meu primeiro post desse blog, e hoje, meu 140º (quero ver tu dizer isso!) é teu presente de aniversário.
Amigos são coisas inexplicáveis, já cansei de dizer isso por aqui, mas amigos que estão longe e que aparentemente não conhecemos são mais extraordinários. Somos pessoas virtuais, em um mundo virtual, mas que se abraçam por esse mundão velho de Deus. Quero que saiba que, daqui de Curitiba, torço a cada dia pra que tua vida se encaminhe, pra que teus sonhos se realizem... E sabe que sou pé quente neh!? hehe
Tenho saudades de ti por aqui, ou pelo msn. E espero que me mandes teu endereço pra eu enviar o presente, pois só escrevi porque tu não me quisestes dar o endereço de medo que eu aparecesse por aí! (heheh)
PARABÉNS!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Chegada!

Hoje fui com a Anna ao aeroporto. Fomos buscar aquelas duas miniaturas de gente, Elisa (doravante CRESPA) e Iasmine (doravante MINE ou mais propriamente MINI). Eu e a Anna juntas realmente não prestamos:





Prestem atenção ao detalhe, cartazinho com nome da empresa impresso ao lado direito, nome das meninas e FERPA com a gente! Ah sim, e gostaríamos de explicar que fizemos o cartazinho porque não queríamos parecer deslocadas do aeroporto (vide foto logo acima).
Bem, com meia hora de atraso o voo das gurias chegou, e eu e Anna mega octa tri de posicionadas pra recebê-las já tiramos fotos ante de saírem pelo portão e depois das caras delas vendo nosso cartazinho... E claro, tiramos foto com a FERPA, ela não podería faltar a esse encontro!






E com inveja da Ferpa, tiraram fotos no tubo:

Depois de uma longa jornada almoçamos no Estação, onde pra variar, tivemos BF:

Bem, o que dizer dessas duas, difícil porque elas estão esperando, afinal escrevi pra Ferpa e pro Binho...

Elisa, essa colorada mirradinha, quieta (!!!) mas que está de olho em tudo, rápida e ágil, sensata. Mesmo você sendo colorada será sempre bem vinda em Curitiba.

Mine, gremista, cativante tímida e simpática. O que dizer dessa pessoa! Querida, esse carisma é gritante nas cores "rojas" da tua face....

Essas duas ainda tem coisa pra viver em Curita! Bem vindas.

PS.: Esse texto foi postado à meia note e 55 minutos, apesar da hora marcada no post.

PS.2: A Lígia escreveu antes do texto postado porque estava muuuuito ansiosa, entendam por favor, ela é assim mas eu amo ela!!!

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Saudades

Como é bom contemplar o céu ,

interrogar uma estrela

e pensar que ao longe , bem longe,

um outro alguém contempla este mesmo céu ,

essa mesma estrela emurmura baixinho : Saudades

TPM

Sensação que o mundo vai acabar. Também chamada de desordem disfórica pré-menstrual, carinhosamente TPM.


Eu? Eu acho que chamaria de outra coisa: "melhor desculpa que nós temos para tudo que fazemos e achamos que é exagero depois!" Posso não estar certa, mas acho que é excelente nós podermos ter essa desculpa. Muitas vezes abusamos disso, e atenção amigas, se vocês têm intensão de MATAR alguém, façam os cálculos para estarem em sua TPM, pois pode ser fator de redução de pena (não pode, Ferpa?).


Essa semana ando meio assim.... Não dá pra explicar, aí eu disse TPM. Tá vendo.... É ótimo. Mas meu amigo Pedro ontem me disse que acha que não é, pois não tem tempo suficiente depois da última... Olha, eu devo ser muito transparente mesmo, pra um amigo que nem me vê tanto assim saber quando eu estava de TPM pela última vez!!!!


Sei meninas, ando meio sumida e meio "exigente" comigo esses dias, meio chorosa e tals, não sei se é mesmo a TPM, acho que estou apenas cansada mesmo, cansada dessa correria do dia a dia, dessas brigas dentro de casa, dessas eleições pra direção da escola que me irritam profundamente pelo seu jogo sujo e falso.


Eu me irrito quando alguém que não me conhece - e não conhece porque abusou da minha paciência - venha me dizer que eu sou preconceituosa. Isso é desculpa esfarrapada para achar que não falo com ela porque sou preconceituosa!!!! Pelo amor de Deus!! Sei o que é o preconceito e me senti muito ofendida por essa colocação... É possível que, cansada como ando de uma porção de coisas, eu tenha abusado da "TPM" pra justificar algumas coisas....


Aos que sofreram com isso, me desculpem, aos que "ainda" não sofreram me desculpem também, pois poderão passar por isso... Esse negócio parace ser uma doença!!! Mas descobri que para ser considerado doença, os sintomas de fato devem interferir nas atividades habituais da mulher, e sinceramente..... Acho difícil dizer que esse é o meu caso! :)



PS.: Mine, Elisa, é amanhã!!!

PS.2: Não posso esquecer do Ney pessoal, ele também vem!!!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

E chove na cidade sorriso!!!

As gauch(inhas)

Hoje é quarta, e na sexta-feira chegam, na nossa querida Curitiba, duas gaúchas. Tá, podem chegar outros gaúchos pelo caminho e tals, mas essas duas são especiais: Elisa e Mine.
Desde o dia 17 de setembro que penso no que escrever. Não quero que se sintam menos queridas do que a Ferpa, mas não posso dizer que é a mesma emoção. Naqueles dias, eu não sabia o que encontrar, hoje eu sei.
Meninas, estou numa grande, mais, imensa espectativa de conhecê-las. Acho que passaremos um fim de semana fantástico e ainda, como troco, conhecerei outras pessoas no rolo.... Quero que sintam-se à vontade em Curitiba, que apesar de muitos acharem que é bobagem, é conhecida como Cidade Sorriso. A terra dos pinheirais não será mais a mesma com a presença de vocês, nem eu.
Mesmo tendo espectativa melhores do que quando conheci a FArpa e o Binho, e o Kike e a Aru, e a Anna (que já conhecia antes mas hoje somos amigas - neh Anna?), ainda tenho um frio enorme na barriga, uma coisa que não se pode explicar. Um medo. Um medo de não ser o que se imagina, porque afinal, como eu digo sempre, o computador nos dá uma certa proteção... Estou ansiosa meninas, espero que façam boa viagem!

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Línguas

Falar em línguas... Muitas vezes me perguntei porque os apóstolos cheios do Espirito santo saem falando em línguas (ta, claro, se é em línguas só pode ser falando, mas vá lá). Hoje, sabendo o que sei sobre línguas e sobre os discursos e sobre o poder desses, vejo esse acontecimento de modo bem mais distinto.
Em Atos do Apóstolos, o capítulo 2 nos conta o início da igreja cristã, quando os discípulos, "naquele pentecostes", plenos do Espírito Santo, saem para a pregação.
Estavam em Jerusalem judeus de todas as partes e ficaram maravilhados com o que estava acontecendo. No entanto, a passagem que mais me chama a atenção é o versículo 8: "como então todos nós os ouvimos falar, cada um em sua própria língua materna?"
Mais do que falar línguas, os apóstolos estavam sendo "compreendidos" por todos os que estavam alí! Vocês sabem qual a sensação de não entender a língua do outro? De precisar ser compreendido por outro e não falar a mesma língua? Não é fácil...
O Espírito Santo, entre outras coisas, trouxe a benção da compreensão entre os homens. E já que minha área é línguas: SHALOM!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Dúvida

Pois é..... Não sei bem sobre o que escrevo. Se posto sobre o dia de ontem ou sobre a confusão que começou a se instalar no colégio por conta das eleições..... E claro que já sobrou pra mim!!!


Bem, acho que falo um pouco sobre ontem e um pouco sobre hoje!!! heheh


Ontem fui na casa da minha madrinha, barreadinho básico (tava muito bom diga-se de passagem) de aniversário da Schirley (minha prima) que foi na sexta! Depois de uma semana de festa, com roteiro e tudo o ponto alto foi o barreado no domingo. Muita gente boa (boooooa - cada um que vcs nao podem imaginar), muita bebida rolando.... É, tomei bastantinho, mas nao cheguei a ficxar bêbada, afinal, levei 6 smirnoff ice e tomei 4 (só pra esclarecer que saí de lá umas 9 e meia da noite, assim que essas 4 foram bebidas durante a tarde toda), comi muuuuuuuito. Hum rolou até selinho! (rsrs) Truco e muuuita risada, cheguei ao fim do dia exausta. Foi ótimo.


Hoje levanto pregada, afinal meu corpo sempre demora um ou dois dias pra se recompor de farras como a de ontem, e fui trabalhar.... Lá na escola está maior satisse. A diretora que aparecia lá de vez enquando resolveu que não sai mais da escola e fica de marcação e agora "eu estou falando mal dela". PELO AMOR DE DEUS! Só se ela pensa que é o gás da coca-cola, neh! Quem é ela!!!??? (ups, isso é falar mal, neh pessoal?)


Fico indignada de uma pessoa falar issod e mim. primeiro que não me conhece pra dizer isso e depois, acho que só pdoe falar de mim quem é melhor do que eu! Eu odeio eleições por isso. É candidata a reeleição e agora fica achando que todo mundo tá falando mal dela!? Eu já não gopsto de me envolver por conta disso. Estou totalmente "neutra" na história pra não sobrar pra mim! O fato de eu não gostar de alguém não quer dizer que eu vá sair falando mal dela... Acho assim, tá com medo é porque deve.


Resolvi que darei aulasde porta aberta. E mais, sou bem capaz de sugerir que coloquem cameras nas salas de aula, assi poderemos trabalhar sossegadas como se não fosse época de eleição.


SACO CHEIO MODE ON
PS.: Gurias, a mensaginha foi de saudades pra vcs!

sábado, 25 de outubro de 2008

Existem momentos que devem memso ser eternizados.

Hoje a ferpa me mandou essa foto. É uma foto de Recife... Ela muito emo disse que é a foto mais foda (o palavrão é por conta dela mesma) que ela já viu de Recife.

Da minha parte tenho que dizer duas coisas: O cara que tirou essa foto é MUITO bom - ela está perfeita, e os detalhes. E se dependesse dessa foto pra me convercer a ir para lá... Tava feito.

Querida, essa foto é linda mesmo, e são poucas as palavras que eu possa escrever pra descrever a sensação de vê-la! Quem sabe dá tempo de eu ir até aí conhecer essa cidade com você!










sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Susto

Hoje pela tarde, um amigo da pos foi atropelado!! Loucura. Estamos tendo aulas do outro lado da rua, e ele, saindo mais cedo, sinal fechado para os carros e ele passando pelo meio dos ditos... Uma moto.....
Correiria nossa, mas quando chegamos el já tinha sido levado ao hospital.... Tensão, não temos o telefone... Corrida para a coordenação.... Ele ão atende!! Vamos ligar pro hospital! Tenamos mais um vez... Ufa, ele está bem. arece que tem algo quebrado, ele não sabe ao certo, estão fazendo exames... Não acredito na calma dele... Espero poder ligar mais tarde pra saer como esta!

Natação! :(

OK, eu admito, sou uma fraca mesmo. Hoje, por mais que minha ciencia me dissesse que é uma tremenda bobagem, não fui nadar! Ainda estou chateada com o que aconteceu semana passada! Tenho que me livrar disso com urgência, não quero deixar de nadar na sexta, 3 vezes por semana é o ideal, mas meu único horário livre é esse!!!!!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Moças de Fino Trato

Ontem conheci um blog (mais um): Moças de Fino Trato. Gostei, o link está aí ao lado em "recomendo visita".
Aí fiquei pensando em o que me faria uma mulher de de fino trato: Gosto de esportes, desde que não sue (sim existem esportes assim). Gosto de ter as unhas feitas. Gosto de um bom drink (nem que seja para moças). Um bom vinho...
Apesar de trocar pneu, conhecer a rede elétrica da casa, trabalhar como uma camela e suar o dia todo, sempre dou um jeito para estar arrumada, bem disposta e bela.
Acho sim, homem essencial para completar uma mulher, mas que ele precisa ser educado, gentil, inteligente e Homem, em todos os sentidos. E acima de tudo, me respeitar como mulher.
É, sou o tipo de mulher que faz o que é preciso. Mas sou "sensível" o suficiente.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O que!!!!!!

Ontem tive uma experiencia diferente.


A um mês mais e pouco atrás, uma aluna minha do CELEM (Centro Estadual de Língua Estrangeira Moderna) sumiu da sala de aula, não vinha mais, eu achei que ela nunca ia abandonar o curso já que era daquele tipo de aluna super dedicada e "eficiente".


Sumiu. Por mais de um mês e achei que tinha desisitdo. Pois tive um presente gratificante de dia dos professores (atrasado tá, mas e daí). Do nada, na aula de ontem ela me parece. Com um presentinho (bem lindinho) e uma história muito louca: Me apresentou como justificativa para as faltas uma certidão de nascimento e uma de óbito.


A menina esteve frequentando minha aula por 7 meses grávida e eu nao reparei! Eu nem percebi!!! Fiquei "doblemente" triste. Uma por ela, por ter sofrido sozinha por tanto tempo e por ter perdido o bebê. Triste também porque eu, sempre tão atenta aos meus alunos, não percebi que ela precisava de um ouvido, de uma conversa, de um apoio...


Ela está bem! Acho. Foi o que me disse durante a conversa que tivemos depois da aula onde me contou as coisas todas. Eu? Estou bem! mas preciso reencontrar essa ternura o mais rápido possível!

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Silêncio

Tudo está parado. O ar parece cooperar. Nem os pássaros cantam.
O livro da mesa de cabeceira não desenvolve, o relógio parece não ie pra frente... No entanto é o úmico barulho que se ouve...
TIC, TAC, TIC, TAC, TIC, TAC...
A casa vazia, o telefone mudo, as cortinas fechadas para que ninguém saiba que há alguém...
TIC, TAC, TIC, TAC, ...
Olho para o teto, uma mosca caminha, atento o ouvido para ver se escuto o bater de suas asas quando voar....
TIC, TAC, TIC, TAC,...
Não, nem o rádio foi ligado para quebrar o silêncio... Tão bom, tão reconfortante...
TIC, TAC, TIC, TAC, TIC, TAC...
Alí, naquele silêncio, fecho os olhos e sinto, escuto, o nada. Pena que esses momentos são tão raros!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Nova nomeação, cargos antigos

* Especialista em Marketing Impresso (Operador da Xérox )
* Supervisor Geral de Bem-Estar, Higiene e Saúde (faxineiro)
* Oficial Coordenador de Movimentação Interna (porteiro)
* Oficial Coordenador de Movimentação Noturna (vigia)
* Distribuidor de Recursos Humanos (motorista de ônibus)
* Distribuidor de Recursos Humanos VIP (motorista de táxi)
* Distribuidor Interno de Recursos Humanos (Ascensorista)
* Diretora de Fluxos e Saneamento de Áreas (a tia que limpa o banheiro)
* Especialista em Logística de Energia Combustível (frentista)
* Auxiliar de Serviços de Engenharia Civil (peão de obra)
* Segundo Auxiliar de Serviços de Engenharia Civil (Servente , coitado…)
* Especialista em Logística de Documentos (Office-boy)
* Especialista Avançado em Logística de Documentos (motoboy)
* Consultor de Assuntos Gerais e Não Específicos (vidente)
* Técnico de Marketing Direcionado (distribuidor de santinho nas esquinas)
* Especialista em Logística de Alimentos (garçom)
* Coordenador de Fluxo de Artigos Esportivos (gandula)
* Distribuidor de Produtos Alternativos de Alta Rotatividade (camelô)
* Técnico Saneador de Vias Públicas (gari)
* Especialista em Entretenimento Masculino (puta)
* Especialista em Entretenimento Masculino Sênior (puta de luxo)
* Duble de Especialista em Entretenimento Masculino (travesti)
* Supervisor dos Serviços de Entretenimento Masculino (cafetão)
* Técnico em Redistribuição de Renda (ladrão)
Eu sei meninas, vcs esperavam um texto meu, mas nem sempre tenho a inspiração necessária, e eu achei esse muiiiiiito engraçado!

domingo, 19 de outubro de 2008

Mais uma

Ontem fui ao casamento da Viviane... Olha, eu estava muito feliz. Feliz ao ver mionha amiga entrando na igreja numa felicidade que a deixou mais do que maravilhosa (não sei se é possível).
Eu conheço a Vivi tem uns, sei lá, uns 16 anos, já é uma amizxade debutada (rsrsr) e posso afirmar que essa foi uma das vezes que vi minha querida amiga muuuuito feliz. A tia Marilani então, linda casando a mais velha!!!!
O Sorriso, meu pretinho básico, disse várias vezes sobre a beleza do casamento, de como é um momento especial. Eu só conseguia mesmo pensar na felicidade que via nos olhos da Vivi. É, me emocionei, não chorei, porque vocês sabem, eu não choro em público. Mas agora aqui, pondo as sensações pra fora as lágrimas não são contidas...
Por esses dias tenho falado muito no amor não é! Eu sei, mas é possível que isso seja porque em minha volta o amor se espalha, um amor que não é simples carne, é a coisa maior que pode exisitr. Fraternos, piedoso, sinsero, compreensível.... Um amor que me mostra a cada dia como eu sou feliz por poder viver esses momentos.
Faz um mês, mais ou menos, esse amor vem surgindo... No dia 13 de setembro, quando estive no casamento da Michele Bulock (rsrs) foi tão bonito quanto. Não escrevi na época porque estávamos conhecendo a Ferpa por aqui e talves a inspiração maior tenha sido aquele encontro, e eu, como um presente, escrevi a crônica para aqueles amigos. mas ontem, a Sra Michele Bulock, sentada ao meu lado recém casada e nós vendo a Vivi entrar linda na igreja Foi mesmo inspirador...
Cada vez que vou ao casamento de uma amiga sei o que está acontecendo pelo olhar, falo pouco a respeito pra elas, mas tenho para cada uma um espacinho no coração. O casamento da Michele foi incrível. Uma noiva totalmente descolada, nova, longe de qualquer protocolo. Tuuuuudo rosa. Eles entraram no restaurante da recpção ao som de Hakuna Matata (se não sabem procurem o Rei Leão) e para começar o serviço "Meu Lanchinho" com coreografia... Que bom querida Michele, que você encontrou alguém que "tope" as loucuras que você planeja.
Terei, amigos leitores, que parar por aqui, não posso escrever porque as lágrimas não deixam. Lágrimas de felicidade por mais uma amiga plena de alegrias. Torço para que todas as pessoas nesse mundo possam passar por um momento tão mágico como passei ontem!